Grupo Semente

Um Ministério coerente na música e louvor do Brasil

No trabalho conjunto de vários irmãos que Deus levantou, no desejo de passar uma ” visão” recebida e amadurecida em vários ministérios locais, principalmente no trabalho com jovens ( VPC, ABU e algumas igrejas locais), nasceu o GRUPO SEMENTE em 1982.

Várias pessoas que já ministravam pelo Brasil há vários anos, compartilhavam da necessidade de se fazer algo que tivesse conteúdo da Palavra de Deus, sensibilidade com a nossa cultura e que desafiasse a igreja brasileira ao louvor e à evangelização com correta intenção de agradar a Deus em primeiro lugar com criatividade e beleza.

Guilherme Kerr Neto, parceiro desta visão, escreveu no primeiro disco do Grupo Semente que via com alegria o surgimento deste trabalho no meio de uma escassez de muitos anos, um verdadeiro deserto na área de louvor e produções musicais, com gente compromisssada com Jesus e séria no trabalho pelo Reino de Deus. Quis o Senhor colocar Sérgio Pimenta, Nelson Bomilcar, Gerson Ortega, Jorge Camargo, Edy Chagas, Marcos Mônaco, Miriam Zancul Ortega, Carla Bomilcar , Sônia Dimitrov Pimenta e Hélio Campos juntos por 7 anos de ministério, onde a amizade, compromisso mútuo, companheirismo e uma boa dose de musicalidade, movidos pelo Espírito Santo, trouxeram inestimável contribuição à Igreja brasileira, muito antes do recente “boom gospel”, que carece de consistência bíblica e de qualidade musical.

Caio Fabio pregou no lançamento do primeiro disco “Plantando a Semente”, música tema composta por Nelson Bomilcar e Guilherme Kerr. Ele realçou a seriedade do Salmo 126, ao mostrar a a realidade de um ministério sério muitas vezes sofrido, mas que traz pela promessa de Deus, muita alegria no devido tempo de colheita.

E essa foi a história do ministério do Grupo Semente enquanto existiu. Seu trabalho começou junto a COMEV (Comunicações Evangélicas) e depois continuou junto à Vencedores Por Cristo.

Musicalmente, foram ousados gravando músicas instrumentais, indo do samba ao chorinho, sem desprezar a mensagem do evangelho. Seu primeiro disco , ” Plantando a Semente”, contou com a participação do maestro Williams Costa Jr nos arranjos de cordas, um desafio para a época , Gerson Ortega, trabalhou com carinho nos arranjos de base além de tocar o piano e os teclados com a competência e criatividade de sempre. Sérgio Pimenta trouxe a disciplina do trabalho nos ensaios , nas viagens missionárias, e nas lindas canções que fêz durante a sua vida, com uma poesia e profundidade como pouco se viu e se vê no meio evangélico. Jorge Camargo, o mais novo da turma, enriquecia a todos com suas interpretações e voz privilegiada, principalmente nos discos “Fruto da Semente” e ” Criação “, além de suas composições.

Hélio Campos e Marcos Mônaco se encaixavam perfeitamente ao grupo, na bateria e sopros respectivamente, trazendo consistência ritmica e musical, além da simplicidade que os caracterizavam. Nelson Bomilcar ( coordenando e liderando) procurava diretrizar o trabalho para que a visão fosse fortalecida e não abandonada, com as pequenas ilusões de um sucesso e aceitação efêmera por parte da igreja evangélica, que já foi armadilha em que muitos caíram na sua caminhada cristã. Enfim, é a Deus a quem se deve servir e agradar, e é a Sua Glória o que importa. Ainda na gravação do primeiro disco tivemos a participação como convidada a Valéria Vassão Forte. Queremos registrar a curta participação do Artur Mendes e Marcos Cavalcante .

Carla, Míriam, Sônia, traziam o equilíbrio nas harmonizações vocais, tanto nas gravações, como nas apresentações, com sensibilidade e discernimento espiritual .Em inúmeros lugares por onde trabalharam; a Kátia Mônaco também ajudava no trabalho de aconselhamento nas programações. O Edy Chagas( de Bauru como era conhecido ) , era o criador das artes dos discos, que além de ter uma linda voz, trazia a solidez de uma igreja local que o apoiava em oração, ( Comunidade das Nações ), abençoando este ministério.Edy(Bauru),Hélio ( Jundiaí) e Pimenta ( Rio ) viajaram muitos e muitos quilômetros, 2 vezes por mês, para que o grupo tivesse a oportunidade de consolidar seu ministério e trabalho musical.

Muitos Grupos no Brasil começaram seus ministérios procurando o referencial no trabalho do Grupo Semente e Vencedores Por Cristo, pois a maioria dos seus integrantes foram treinados e discipulados por pessoas ligadas a VPC.
O legado musical procurou ser preservado nos relançamentos em Cds Platando e Fruto da Semente e Criação e do registro em Partitura das linhas melódicas e cifras.

As lembranças e experiências tremendas com Deus são enormes:

Os ensaios na casa do Marcos Mônaco , o Furgão emprestado, companheiro de transportes e viagens; Gerson gravando a música ” Ele e o Teu Louvor”, em um dos primeiros estúdios da COMEV ( 24 de Maio ), quebrantado e cheio do Espírito Santo, sofrendo com a enfermidade de seu primeiro filho, dedicando o que tocava a Jesus; Ségio Pimenta colocando “ordem na Casa” com toda a sua formação militar e mostrando os seus “cânticos” ou ( “corinhos “nas palavras que usava) que explodiam em todas partes do Brasil.

Cada lançamento de disco foi tremendamente concorrido ( Novotel, Centro de Professorado Paulista, Sala Cidade de São Paulo), e Deus sempre trazendo palavra e testemunho que mudaram muitas vidas. Nossa ultima apresentação foi no lançamento do “Criação”, onde Deus já estava mostrando que estava terminando este ministério juntos.

Gerson sendo chamado para trabalhar com uma igreja local em São Paulo como pastor, Hélio indo para Porto Alegre com sua esposa Malu para trabalharem junto com Asaph, Edy seguindo o ministério pastoral com a Comunidade das Nações em Bauru, Nelson pastoreando em Campinas, Jorge Camargo com novos desafios profissionais e musicais, Marcos Mônaco fortalecendo seu trabalho com uma igreja local em São Paulo. E o nosso querido Sérgio Pimenta, descobrindo que estava com câncer e falecendo depois de 4 meses, após muito sofrimento, deixando a Sônia, o Renato e a Juliana e um vazio tremendo em todos e na música evangélica brasileira.

Foi como se fosse um sêlo para todos os integrantes do Grupo Semente. Terminava ali 7 anos de intenso ministério pelo Brasil, marcando a todos e levando os próprios integrantes do grupo a um total dedicação na obra do Senhor juntamente com suas famílias.

O Grupo Semente uniu criatividade musical com visão séria de ministério, espírito de Louvor com performance; adaptou o conteúdo bíblico com a poesia numa preocupação de contextualização para nosso mundo contemporâneo. Seu trabalho mostrou o quanto é importante a comunhão com Deus e entre os irmãos, onde se pode criar amizades maduras e duradouras.

Que o Senhor seja engradecido para sempre!


Imprimir este artigo Imprimir este artigo

4 Comentário(s)

  1. Meu querido pastor Nelson,aos 44 anos de idade, visito seu site e volta a minha mente tudo que vivi com músicas maravilhosas de servos como vc, Kerr, Pimenta, etc. Na época eu ouvia os LP´s vendo as fotos de vcs nos estudios, shows,etc e aquilo me fazia sonhar e pensar no amor de Deus.Fui testemunha audio-visual de uma geração que foi percussora da história musical cristã. Vcs nortearam a história, deram rumos a harmonia e base a adoração da igreja brasileira. A música gospel invadiu todos os espaços, que bom, mas sentimos falta hoje de conteúdo, de teologia, de sentimento primitivo da igreja nas canções, da forma como vcs escreviam. Louvo a Deus, por todos vcs que nos fizeram conhecer a “boa música”, que foram os verdadeiros mestres do “ensino fundamental” do nosso legado musical conteporâneo.Que os novos voltem a base para aprender como se faz música & adoração.
    Paz e graça.

    Luciel Rodrigues | 14 de março de 2009 | Comentar

  2. Eu sou um fruto do Semente. Lembro de ouvir a primeira vez o lp criacao. fiquei super impactado com aquela musica inteligente e do céu. Para mim, é um dos melhores discos de todos os tempos… na eternidade. Naquele instante, tive a certeza que iria estudar musica e que Deus me usaria nesta área. Agradeco a todos eles e ao nosso Deus maravilhoso!!

    Guto Howe.

    guto howe | 7 de agosto de 2009 | Comentar

  3. Sou do tempo de VPC, Logos, Milad. Agradeço a Deus por ter vivido esse tempo. Tenho 47 anos e um filho que toca baixo no mesmo grupo que eu (toco guitarra) e outro filho aprendendo bateria. Fazemos versões mais “hard” e “blues” das músicas desses grupos.

    Abraços

    Eddie | 3 de setembro de 2011 | Comentar

  4. Depois de alguns anos nos caminhos do Senhor, voltei a ouvir louvores “antigos”, mas, que falam tão profundamente ao meu coração que é imposivel ouvir VPC, Grupo Semente, Grupo ELO e Logos, dentre outros, sem chorar, pois volto a recordar os meus primeiros passos com Cristo e vejo as grandes maravilhas que Ele tem feito na minha vida. Louvo a Deus pois estes louvores edificaram e me edificam mesmo após 20 anos. Glória à Deus pela vida de todos que me ajudaram atraves da música e das mensagens contidas nelas a permanecer firme em Cristo.

    Maria do Carmo Ferreira Lima | 2 de novembro de 2011 | Comentar

Seu Comentário



  • VeroShop - Arte e música cristã de qualidade!

    Rádio Transmundial

    W4 Editora

    Instituto Ser Adorador

    Vencedores Por Cristo